Blog Gamer fut

Criação de liga nacional pode trazer o Brasileirão de volta aos jogos da EA Sports FC.

A criação de uma liga nacional pode ser a chave para um Brasileirão autêntico no EA Sports FC. A Electronic Arts, desenvolvedora do jogo, já demonstrou interesse em colaborar com a nova entidade e recriar o futebol brasileiro no mundo dos games. David Jackson, vice-presidente de marca do EA Sports, afirmou que a criação da liga pode ser uma grande oportunidade para garantir o compromisso da empresa com o mercado brasileiro.

Atualmente, as equipes brasileiras só aparecem no jogo mediante sua participação em torneios continentais da CONMEBOL. Embora os escudos, nomes e uniformes sejam respeitados, os elencos são compostos por jogadores genéricos. O EA Sports FC, sucessor do FIFA 23, já tem à sua disposição 19.000 atletas, 700 times e 30 ligas, mas a inclusão dos clubes brasileiros com elencos reais ainda é um desafio.

A criação da liga nacional pode ajudar a unificar os interesses dos times brasileiros e negociar melhores condições com a Electronic Arts. Duas iniciativas estão em curso para criar a entidade: a Liga do Futebol Brasileiro (Libra), com 18 equipes, e a Liga Forte Futebol (LFF), com 26 times.

Enquanto isso, outras empresas estão entrando no mercado de jogos de futebol. A FIFA planeja sua própria franquia, mas não há informações concretas sobre seu lançamento. A Konami tenta se recuperar do fracasso do eFootball, apostando em seus parceiros e em esportes eletrônicos. Dois novos jogos também estão em desenvolvimento: UFL, com características semelhantes ao FIFA, e Goals, com um formato próprio e um visual mais voltado para animações.

Em suma, a criação da liga nacional pode ser uma grande oportunidade para os times brasileiros e para os fãs de futebol que desejam jogar um Brasileirão autêntico no EA Sports FC. Com a colaboração da Electronic Arts e a união dos times, esse objetivo pode se tornar realidade em breve.

Fonte: ESPN.

Compartilhe